Mobilidade de Docente

Esta mobilidade permite a realização de missões de ensino, por parte de pessoal docente de uma IES, num dos 33 países participantes. Igualmente, permite que uma IES acolha missões de ensino, através do convite a especialista(s) de determinada(s) empresa(s), de um dos referidos 33 países.

Quais os objetivos?

• Estimular as Instituições de Ensino Superior a alargar e enriquecer o âmbito e os conteúdos dos cursos que oferecem;
• Permitir que os estudantes beneficiem dos conhecimentos e da especialização de pessoal académico de Instituições de Ensino Superior e de pessoal convidado de empresas oriundas de outros países europeus;
• Promover o intercâmbio de saber especializado e da experiência relativamente a métodos pedagógicos;
• Criar elos de ligação entre Instituições de Ensino Superior e Empresas;

Quem se pode candidatar (independentemente do vínculo laboral)?

• Pessoal docente de Instituições de Ensino Superior;
• Pessoal docente ou não docente de empresas (o pessoal não docente deverá ter competências para lecionar o assunto acordado pelas entidades);

Onde se pode apresentar a candidatura?

No Gabinete Erasmus ou de Relações Internacionais da instituição de Ensino Superior onde lecciona.

Qual é a duração da Mobilidade?

Mínimo de 1 dia (o requisito mínimo para uma missão de ensino é de 5 horas de ensino) e máximo de 6 semanas de duração. É,
contudo,
recomendada a duração mínima de 5 dias,
a fim de prestar um contributo significativo ao programa de missão de ensino e à vida internacional da instituição de acolhimento.

Consultar o regulamento de mobilidade internacional